0347bea1b3 Download Os Três Mosqueteiros BDRip DubladoINFORMAÇÕES DO ARQUIVO
Áudio: Português / Inglês
Legenda: BAIXAR
Tamanho: 800 Mb
Formato: AVI
Qualidade: BDRip
Qualidade de Audio: 10
Qualidade de Vídeo: 10

INFORMAÇÕES DO FILME
Ano de Lançamento: 2011
Gênero: Ação / Aventura
Duração: 105 Minutos
Trailer: Ver

 

 

 

Sinopse Os Três Mosqueteiros – O jovem D´Artagnan se une a três destemidos mosqueteiros nessa nova versão da clássica história de Alexandre Dumas. Entre lutas de espadas e perseguições alucinantes, eles precisam deter os avanços do vilão Richileu e proteger a bela Milady. Prepare-se para embarcar nas mais eletrizantes aventuras já realizadas em 3D.

69f0f0eef9 Download Os Três Mosqueteiros BDRip Dublado1745db6954 Download Os Três Mosqueteiros BDRip Dublado8c9e2585bb Download Os Três Mosqueteiros BDRip Dubladofde816ecb3 Download Os Três Mosqueteiros BDRip Dublado

Nosa Opinião Sobre o Filme
Na versão original de Alexandre Dumas, Buckingham e Anne têm um caso e é ela quem dá o colar ao amante, como prova de seu amor, cabendo aos mosqueteiros a tarefa de buscá-lo antes que a guerra comece. Na história de Paul W.S. Anderson, Buckingham é um armamentista que não vê a hora de disparar seus canhões. Apesar disso, há muito menos mortes importantes no filme do que no livro, afinal Anderson está pensando aqui em sua nova franquia (ele já tem Resident Evil indo para o quinto capítulo), como já deixa bem claro o final.

Outra novidade – essa, sim, bem melhor pensada e explorada – é a ambientação steampunk, com armas novas e até mesmo um navio dirigível, que rende uma boa batalha aérea. Mas é só. Tarado por tecnologia e fisgado pelo 3D, Anderson utiliza aqui as câmeras mais modernas que existem, mas não chega a criar algo de novo, apontando uma espada aqui e jogando algumas coisas ali na direção do público, além de criar o senso de profundidade em grandes tomadas. Se funciona no plano aberto, o mesmo não se pode dizer nas inúmeras vezes em que maquetes à la Game of Thrones e mapas são filmados para mostrar a mudança de cenário.

As lutas com espadas, que poderiam ser um diferencial, são pouco exploradas. A melhor delas, a primeira, utiliza câmeras lentas à la 300, mas meio que fica por isso mesmo. Talvez pela dificuldade de filmar tomadas mais longas, com muita coreografia e poucos cortes, o diretor opte mais uma vez em utilizar sua já sua já conhecida megalomania para explodir coisas