Mãe Só Há Uma

15/09/2016

Download Mãe Só Há UmaSOBRE O FILME
Nome Original: Mãe Só Há Uma
Traduzido: Mãe Só Há Uma
Direção: Anna Muylaert
Gênero: Drama
Lançamento: 2016
Duração: 1h 22min
Faixa Etária:

Nota no : 7,1

INFORMAÇÕES DO ARQUIVO
Idioma: Português
Legenda: Sem Legenda
Qualidade: DVDRip
Nota do Áudio: 10
Nota do Vídeo: 10
Formato: AVI e RMVB
Tamanho: 701 MB | 270 MB

Sinopse A vida do adolescente Pierre vira de cabeça pra baixo quando ele recebe uma denúncia e é obrigado a fazer um teste de DNA. Após o resultado, ele descobre que sua mãe não é sua verdadeira mãe e é obrigado a trocar de família, de nome, de casa, de escola… e de gênero?

Atualizado com HDRip AVI + RMVB Nacional


AVI
Mega
BRuploaD
BRfiles

Torrent
BAIXAR

RMVB
BRuploaD
UploadRocket


Há uma grita no cinema nacional que, não é de hoje, clama pelo filme médio, ou seja, aquele tipo de produção que não trata o público como acéfalo (caso de muitas comédias televisivas), nem tampouco sobrecarrega o cérebro do pobre coitado depois de um dia de trabalho com uma história tão hermética que nem Foucault daria conta de interpretar (a turma wannabe Glauber Rocha).Mãe Só Há Uma, no entanto, nunca foi um problema para Anna Muylaert. Desde que estreou no comando de um longa-metragem, em 2002, com Durval Discos, passando por É Proibido Fumar (2009), e culminando com o incrível Que Horas Ela Volta?, de 2015, a diretora mostrou que é possível, sim, fazer um cinema nacional que entretém e, ao mesmo tempo, não subestima a inteligência do espectador.Dentro dessa curva, Mãe Só Há Uma é, no entanto, um passinho atrás. O longa parte de uma história real que ganhou o noticiário nacional na década de 1990 e ficou conhecido como “o caso Pedrinho”, rapaz que, com 16 anos, descobriu ter sido sequestrado quando bebê – e vivia de boa até então com a mãe, que acreditava ser biológica. A tentação óbvia é que o enredo se desenrolasse em uma adaptação policial, um filme de tribunal, um embate do vilão (ou vilã) versus o(a) mocinho(a).


Nenhum comentário

Clique aqui e seja o primeiro a comentar!

Envie seu comentário
* Obrigatório
* Obrigatório (não será publicado)