Download O Filho de Deus R5 Dublado

14/05/2014


INFORMAÇÕES DO ARQUIVO
Áudio: Inglês / Português
Legenda: Indisponível
Tamanho: 930 MB / 442 MB
Formato: AVI / RMVB
Qualidade: R5
Qualidade de Áudio: 08
Qualidade de Vídeo: 10

INFORMAÇÕES DO FILME
Ano de Lançamento: 2014
Gênero: Drama
Duração: 138 Minutos
Direção: Christopher Spencer
País de Origem: EUA
Estúdio: Fox Filmes

 

 

 

Sinopse – Neste filme O Filho de Deus download A história de vida de Jesus é contada a partir de sua origem humilde através de seus ensinamentos, a crucificação e a ressurreição final. Na trama, Pedro (Darwin Shaw) encontra Jesus Cristo (Diogo Morgado), que o convence a segui-lo. Logo Cristo reunirá 12 apóstolos que têm por missão espalhar seus ideais. Entretanto, por mais que pregue o amor ao próximo e a compaixão, sua crescente popularidade desperta a ira de pessoas importantes de Jerusalém.

Nossa Opinião – Com nota 5.5 no IMDB. O filme é bastante agradável, com um bom toque de seriedade e obedece o “quem é Jesus Cristo” da Bíblia. Diogo Morgado interpreta magnificamente o papel e, mesmo eu já conhecendo a trama, não tem como não se emocionar com os ensinamentos de Jesus! A trilha sonora é típica do meio religioso, acompanhando os momentos de alegria/tristeza do longa. Não tente comparar “Filho de Deus” com o filme carniceiro de Mel Gibson e, muito longe, ao Jesus humanizado de Martin Scorcese. O novo filme nos faz enxergar o Jesus humano e divino!

8 comentários
  1. Michael disse:

    Muitos criticam o filme de Mel Gibson porque o homem nega a si mesmo que Jesus tenha sofrido daquele jeito. Ninguém quer acreditar que ele tenha passado por tanta maldade. Mas a maldade do homem é realidade. O filme choca e por isso é criticado, mas é o que mostra a verdadeira face do homem. Já este ” O filho de Deus” foi feito para as pessoas conservadoras que querem ver coisas menos chocantes, ou seja, gostam de esconder a verdade.

  2. Alessandro Gusmão disse:

    O filme de Mel Gibson deveria chamar-se a surra de Cristo. 90% do filme é focado na desumana, covarde e grotesca brutalidade dos homens ao levarem Jesus Cristo ao martírio da cruz. Acontece que o que choca no filme não é isso. O chocante é resumir o Filho de Deus a isso. Existem pessoas morrendo, HOJE, com muito mais sofrimento. Sendo assim, pela ótica de Gibson, seriam esses superiores a Jesus?? Jesus, o maior ser que passou por nosso planeta, tem sua força justamente no que Mel Gibson não mostrou : seus ensinamentos, sua inteligência, seu exemplo de vida, seus maravilhosos milagres e principalmente seu sacrifício ao dar o exemplo do amor e do perdão até o último suspiro de seu corpo.

  3. Adson Eduardo disse:

    Na verdade não tem nada de novo nesse filme, que são pedaços da serie THE BIBLE, recomendo que assistam a serie desde inteira tem 10 episodios, é incrivel!

  4. Janderson disse:

    O Filme veio mostrar um pouco da obra de Jesus e não ESCONDER a verdade como fala o colega…Sua história não se resume a carregar uma cruz de pecados e sim evangelizar o mundo!! Gostei mto desse filme, como tb gostei do filme do Mel Gibson, mas não podemos fazer comparações, pois são roteiros diferentes!!

  5. Michael disse:

    O nome do Filme é ” A Paixão de Cristo” por isso obviamente o filme trata do sofrimento de Jesus. Não foi um filme criado pra mostrar a vida os ensinamentos dele. foi feito pra mostrar exclusivamente do sofrimento. Filmes que mostram a vida e os ensinamentos de Jesus existem milhares e tenho certeza de que o mundo inteiro já conhece. Não era esse o objetivo do filme ” A paixão de Cristo”. Temos que saber diferenciar as coisas. Mas mesmo assim dentro do filme colocaram brilhantemente algumas passagens dos ensinamentos dele.

  6. Andre Felippi disse:

    Fora da Bíblia. Po porque esses não fazem igual ta a bíblia, eles sempre tem que mudar uma coisa ou outra.
    Por isso dou nota 4.

  7. alexandre disse:

    Não se deve fazer filmes falando de quem o mundo não conhece . Pois se conhececem não fariam filmes com isso.

  8. caio disse:

    pow esse filme foi lançado no meis de abril e ainda não esta 10 10

Envie seu comentário
* Obrigatório
* Obrigatório (não será publicado)